Tag Archives: Java

Instalar o Java da Oracle

PinguimA dica de hoje pode parecer bem estranha pois afinal de contas não é da Oracle o Java? Sim e não, a marca é da Oracle mas a JVM é livre e qualquer empresa pode criar a sua. A que vem com o Ubuntu é chamada de OpenJDK, uma versão aberta da comunidade e muitas vezes desejamos a versão oficial da Oracle. Para instalar, siga os seguintes passos:

  • Abra uma janela de terminal (Ctrl+Alt+T).
  • Acesse como superusuário: $ sudo su
  • Adicione o repositório: # add-apt-repository ppa:webupd8team/java
  • Atualize: # apt-get update
  • Baixe a versão que deseja (6/7/8): sudo apt-get install oracle-java?-installer

Use o seguinte comando se deseja remover a Open JDK:
# apt-get purge openjdk*

Java 8 e o Netbeans no Ubuntu 14.04

Muitas pessoas acham o Linux complicado, tenho me adaptado muito bem a este ambiente. Escolhi a distro Ubuntu 14.04 por achá-la a mais amigável entre todas. Vejamos como apenas 3 passos como instalamos o Java 8 e o NetBeans:

  1. Baixe o arquivo com o instalador – acesse aqui
  2. Na pasta downloads, dê permissão para execução do arquivo: sudo chmod+x jdk-8u5-nb-8-linux-x64.sh
  3. Agora basta executar o instador: sudo ./jdk-8u5-nb-8-linux-x64.sh

Se ao invés do NetBeans prefere usar o Eclipse, baixe o Java sem o NetBeans, que pode ser conseguido aqui (por ser um pacote RPM é ainda mais fácil é só clicar em cima para instalar). E apenas descompacte o Eclipse.

Essa dica foi com base na informação do blog da Revista Espírito Livre, para ver outra sobre como colocar o Apache + PHP + MySQL – acesse aqui.

Java – Quando o “this” é obrigatório

Muitas vezes pensamos no objeto this como opcional, ou seja, meramente documentacional, mas saiba que em determinadas ocasiões ele é obrigatório, veja o exemplo:

01: class Point2D {
02:   private int x, y;
03:   public Point2D(int x, int y) {
04:     x = x;
05:   }
06:   public String toString() {
07:     return "[" + x + ", " + y + "]";
08:   }
09:   public static void main(String []args) {
10:     Point2D point = new Point2D(10, 20);
11:     System.out.println(point);
12:   }
13: }

Qual o resultado deste código:

  1. point
  2. Point
  3. [0, 0]
  4. [10, 0]
  5. [10, 20]

Se marcou a opção 4 errou pois a resposta correta é a opção 3. O motivo está na linha 04 no qual obrigatoriamente é necessário o uso do objeto this para referirmo-nos a variável x da classe. Então a próxima vez que criar um método set tome o máximo de cuidado e insira o this.

 

Java – Criar um objeto sem usar o “new Construtor()”

As vezes, durante a codificação, precisamos criar um objeto de uma classe sem utilizar a sintaxe: “Classe obj = new Construtor()”. Podemos utilizar os seguintes modos:

1. Usar o método newInstance da Classe class:

Class c = Class.forName(“NomeClasse”);
NomeClasse obj = (NomeClasse) c.newInstance();

2. Usar o método clone() da java.lang.Object – Cria uma cópia de um objeto existente:

NomeClasse obj = new NomeClasse();
NomeClasse objCopiado = obj.clone();

3. Usar a deserialização da Object:

ObjectInputStream os = new ObjectInputStream(ObjDaClasseInputStream);
NomeClasse obj = (NomeClasse) os.readObject();

4. Usar o ClassLoader:

getClass().getClassLoader().loadClass(“NomeClasse”).newInstance();

5. Usar por Reflection:

constructor.newInstance() ou class.newInstance()

6. Também, podemos usar o Padrão “Factory Method”. Recomendo uma lida sobre isto.